José Gomes recebe nota positiva no Record

António Mendes, jornalista do diário da Confina, atribuiu a nota 3 a José Gomes, em relação ao seu desempenho na partida do Marítimo com o Vitória de Guimarães, a contar para a 33ª jornada da Liga NOS.

Isto demonstra que os madeirenses foram bastante competitivos e podiam ter regressado ao Funchal com pontos na bagagem.

Significa, também, que o Record reconheceu mérito a uma exibição que, segundo José Gomes, foi a “melhor em termos de qualidade”, mais uma vez perante um rival com ambições europeias.

Em O Jogo, o jornalista Pedro Rocha viu um Marítimo “desinibido”: “já na ponta final do jogo, quase viu fugir a vantagem que defendia já com três centrais, após a entrada de Pedro Henrique, quando Milson acertou no poste. Florent ainda o imitou, mas era o Marítimo por cima, com Kibe em alta rotação.” 

 

Alterações oportunas

 

As três substituições de José Gomes, aos 60 minutos, mereceram referência de Paulo Jorge Santos, jornalista de A Bola: ” Aos 60’, José Gomes mexeu na equipa e fez três substituições. Os forasteiros equilibraram o jogo, mas só depois dos 90’ criaram uma verdadeira oportunidade, remate de Milson ao poste.”

Ainda em A Bola, tal como no Record, pode ler-se que o Marítimo teve mais bola na sua posse do que os minhotos: 53 contra 47 por cento.

Clique aqui para ver o tiro de Milson ao poste.

 

   

Pedro Santos

Pedro Santos

Comentários

Novos Posts

Arquivo de Notícias

Vídeos