A primeira visita de 2021 para manter ciclo de luxo

José Gomes vai comandar pela primeira vez o Almería fora de casa neste novo ano, numa partida em que terá pela frente o Fuenlabrada amanhã, pelas 19.30 horas, a contar para a 24ª jornada da Liga SmartBank.

Os rojiblancos pretendem dar continuidade ao desempenhos de notável qualidade e à série de bons resultados: nas últimas sete partidas como visitante, registaram seis vitórias e um desaire. Nesta condição, é a formação com mais triunfos (7), em igualdade com o Mallorca, líder da prova.

José Gomes mostrou-se, na antevisão deste duelo, satisfeito por ter quase todos jogadores em boa forma física: “O modo como todos trabalhamos ajuda a equipa, com médicos, fisioterapeutas e preparadores físicos muito bons. Estamos a trabalhar muito bem, com muito poucos lesionados”.

Relvado com pouca qualidade

O líder da equipa técnica do Almería prevê dificuldades, porque o relvado do Fuenlabrada foi afectado pelo mau tempo: “Pelas imagens da última partida, tentaram melhorar o terreno, mas não vai estar muito bom. Poderemos ter um futebol distinto, devido às circunstâncias. Creio que ganhar as segundas jogadas vai ser fundamental para conseguirmos controlar o jogo”.

José Gomes reforçou que o grupo de trabalho está apenas focado no encontro com a formação dos arredores de Madrid: “Estamos concentrados só no que temos de fazer neste fim-de-semana. Vamos estar bem, com humildade, respeitando o adversário. Na II Liga, não há partidas fáceis. O treinador do Fuenlabrada gosta de organizar bem as suas equipas e criará muitas dificuldades”.

Foto: UDA Media

“.

«Lopetegui disse que o Almería tem futebol para estar na 1.ª Divisão»

O Almería foi eliminado pelo Sevilha na Taça do Rei, ao perder por 1-0, mas José Gomes recebeu elogios. E logo do treinador rival: Julen Lopetegui. “Lopetegui disse que o Almería tem futebol para estar na 1.ª Divisão”, contou José Gomes. 

As palavras positivas foram repetidas na conferência de imprensa. “Almería é uma equipa muito boa, bem trabalhada e com bons jogadores. Estou convencido que no próximo ano vai estar na 1.ª Divisão pelo que transmite com e sem bola. O Sevilha venceu merecidamente, mas superámos uma grande equipa”, admitiu Julen Lopetegui.

O Almería está em 3.º na 2.ª Divisão, com 45 pontos, empatado com o Espanyol, ambos a três pontos do líder Maiorca. Sobem os dois primeiros classificados de forma direta; do terceiro ao sexto disputa-se um playoff para encontrar o último clube que ascende. 

Texto e foto: Record

Marca: “Almería despede-se com a cabeça levantada”

A comunicação social espanhola elogiou o desempenho do Almería frente ao Sevilha, numa partida dos quartos-de-final da Taça do Rei que se disputou, nesta terça-feira, no Estádio Jogos do Mediterrâneo.

“A aventura do Almería na Taça terminou. Despede-se do torneio com a cabeça levantada, sendo a única equipa de uma divisão inferior que disputava os ‘quartos’ depois de ter eliminado duas equipas da I Liga, como Alavés e Osasuna. Agora, é o momento para voltar à realidade e concentrar-se no grande objectivo do clube, que é conseguir a subida de forma directa e evitar a todo o custo os playoffs”, escreveu Guillhermo Sánchez na Marca.

José María Lopez, jornalista do AS, considerou que o Almería foi “muito digno” e realçou que “os jogadores de Lopeteguei – treinador do Sevilha, n d.r. – tiveram de vestir o ‘fato de macaco’ para decidir a eliminatória”.

“José Gomes mudou por completo o onze titular, apostando na mesma equipa que começou a eliminatória anterior frente ao Osasuna. Mas a rotação total da equipa não originou nenhuma mudança de estilo no jogo de um Almería, que apostou por ter sempre a bola jogável”, acrescentou José María Lopez.

Jonathan Moreno defendeu, no Sport, que o “Almería foi crescendo conforme a partida avançou” e utilizou uma metáfora militar: “José Gomes carregou o canhão com balas e os rojiblancos morreram com as botas calçadas”.

Clique aqui para aceder às declarações de José Gomes no final da partida.

Bom nível incomoda Sevilha

O Almería demonstrou um futebol de boa qualidade e criou, no Estádio Jogos do Mediterrâneo, várias dificuldades ao Sevilha nos quartos-de-final da Taça do Rei. 1-0 foi o resultado favorável aos visitantes.

A equipa treinada por José Gomes, única da Liga Smartbank presente nesta fase da competição, nunca se intimidou perante uma das formações mais fortes do futebol espanhol, como se constata pelo quarto lugar que ocupa na classificação. Durante os 90 minutos, o Almería mereceu os elogios de Julen Lopetegui, ex-técnico do FC Porto, ao considerá-lo, na antevisão de ontem, como “o melhor conjunto da II Liga”.

Akieme foi o primeiro jogador do Almería a criar perigo na primeira parte, na sequência de remate forte, aos 23 minutos. Juan Villar e Ramazani foram outros atletas do conjunto de José Gomes que podiam ter inaugurado o marcador.

Na segunda parte, a tendência para o Almería contrariar o favoritismo do Sevilha manteve-se. Villar voltou a ser protagonista do ataque, aos 49′, apesar do lance ter sido anulado por fora de jogo. Depois do golo apontado por Ocampos, o Almería cresceu, terminando a partida em “cima” do adversário.

Taça do Rei para…recordar

José Gomes não conseguiu o resultado ambicionado, mas a participação nesta festa do futebol espanhol merece ser recordada no futuro: há dez anos que o Almería não atingia os quartos-de-final e chegou a esta fase após derrubar dois conjuntos de La Liga: o Alavés foi goleado por 5-0, no Estádio Jogos do Mediterrâneo, e o Osasuna, no mesmo recinto, perdeu por 5-4 no desempate por grandes penalidades.

UD Almería: Fernando; Buñuel, De la Hoz, Chumi e Akieme; Petrovic (Cuenca 89′) e Robertone (João Carvalho 75′); Ramazani, Villalba (Samuel Costa, 75′) e Lazo (Corpas 67′); Villar (Sadiq 67′).

Sevilla FC: Bono, Aleix Vidal, Rekik, Diego Carlos, Koundé, Fernando, Gudelj (Munir 45′), Rakitic, Papu Gómez (Suso 59′), Ocampos (Jordán 79′) e De Jong (En-Nesyri 59′).

Golo: 0-1: Ocampos 66′.

Foto: Marca

Meias-finais na mira de José Gomes

O Almería vai lutar frente ao Sevilha pelo acesso às meias-finais da Taça do Rei, num desafio que se disputa esta terça-feira, a partir das 20 horas, no Estádio dos Jogos Mediterrâneos.

“O Sevilha é favorito, mas não lhe vamos oferecer a partida. Entraremos a dar tudo, desde o início, e, depois, veremos o que acontece em campo. Ninguém pode dizer a cem por cento que o Sevilha vai continuar na Taça do Rei. Será um jogo aberto no Estádio dos Jogos Mediterrâneos. Não podemos sair do futebol que estamos a mostrar nesta temporada. O adversário tem coisas em comum connosco no que se refere a conceitos de futebol: tem jogo interior, pelas alas, com uma grande capacidade de cruzamento e é muito perigoso no jogo aéreo. Possui jogadores com muita mobilidade e é necessário utilizarmos as nossas armas para incomodarmos o rival”, afirmou José Gomes, na antevisão deste dérbi da Andaluzia.

O líder da equipa técnica alertou, também, para a qualidade do sector ofensivo do adversário: “A diferença, que é grande, é que, quando os atacantes do Sevilha se aproximam da área rival, não falham, e com ‘meia’ oportunidade, marcam golo. Por isso, devemos estar muito concentrados. Será um grande jogo, muito bonito, nos quartos-de-final da Taça do Rei, e além disso, actuaremos no nosso campo. Todos os jogadores estão motivadíssimos para este encontro, ainda que haja atletas mais cansados do que outros, e querem ajudar para passarmos à próxima eliminatória. Conhecendo Lopetegui – treinador do Sevilha, n.d.r. -, tenho a certeza que o Sevilha irá dar tudo desde o início”.

Elogios de Julen Lopetegui

O ex-treinador do FC Porto reconheceu a qualidade do Almería, admitindo que “é a melhor equipa da sua divisão”.

Clique aqui para o vídeo desta antevisão realizada por José Gomes.

“Os andaluzes foram melhores”

A comunicação social portuguesa e espanhola continua a elogiar os desempenhos do Almería, tal como se constatou, mais uma vez, depois da vitória, por 3-1, frente ao Castellón, em casa, a contar para a 22ª jornada da Liga Smartbank.

“Os andaluzes foram melhores, demonstraram a enorme qualidade por Umar Sadid, assistência no primeiro golo e espectacular remate de cabeça no segundo, e colocaram uma medalha de ouro numa semana de sonho no Jogos Mediterrâneos”, escreveu Guilhermo Sánchez na Marca.

Nico García, jornalista do AS, destacou os desempenhos de José Corpas e Umar Sadiq: “José Corpas e Umar Sadiq resolveram o duelo ante o Castellón com a facilidade de uma criança a comer um bocado de chocolate ou facilidade que um adulto pega na mangueira para regar o jardim da casa num sábado qualquer. O jogador de Baños de La Encima e o nigeriano sentem-se no Mediterrâneo como se jogassem no relvado das suas casas. Um encontra-se no melhor momento da sua carreira e outro começa a destacar-se. Não há que tirar o mérito ao rival, mas o ataque rojiblanco está num escalão acima”.

“O Almería conseguiu neste sábado um importante triunfo (3-1) para não perder a luta pelas primeira posições ante um Castellón que se manteve a lutar até ao fim do duelo e que, por momentos, deu a sensação que poderia tirar algo positivo no Estádio dos Jogos Mediterrâneos”, pode ler-se na análise do Mundo Deportivo.

“O Castellón não conseguiu impor-se ao Almería, que ganhou o duelo disputado neste sábado no Estádio do Mediterrâneo. O Almería chegou com a intenção de aumentar a sua pontuação depois de empatar 2-2 na última partida realizada diante do Sabadell. A equipa visitante tinha vencido, por 2-0, em casa, o Sp. Gijón, na derradeira contenda efectuada no campeonato. Após este resultado, a equipa almeriense é terceira classificada, enquanto que o Castellón ocupa o décimo nono lugar”, tal como refere o Sport.

Em Portugal, a notícia sobre este sucesso da equipa treinada por José Gomes pode ler-se nas edições impressas de A Bola, Record e O Jogo.

Clique nos seguintes links para mais informações:

Record

Sapo Desporto

Futebol 365

Declarações de José Gomes

Resumo

Superioridade total na Liga Smartbank

O Almería derrotou o Castellón, por 3-1, numa partida integrada na 22ª jornada da II Liga de Espanha, que se realizou no Estádio dos Jogos Mediterrâneos.

A equipa treinada por José Gomes foi melhor do que o adversário durante os 90 minutos, dando, assim, continuidade à excelente fase que atravessa no campeonato e na Taça do Rei.

José Corpas, segundo melhor marcador da formação anfitriã, assinou o primeiro remate certeiro da contenda, num lance de belo efeito, não só pela finalização, mas, também, pela assistência de Sadiq, aos 26 minutos.

No segundo tempo, o avançado nigeriano, que lidera a lista de jogadores com mais golos da sua equipa, concretizou o 2-1, aos 78′, após assistência de Samuel Costa. Antes, aos 67′, Ruben Díez apontara o golo do Castellón.

Jorge Cuenca fechou a contagem, a dez minutos do fim, na sequência de falta cobrada por José Carlos Lazo, num desafio em que a posse de bola do Almería atingiu os 76 por cento. Notável !

O conjunto de José Gomes soma, agora, 45 pontos no terceiro lugar, em igualdade pontual com o Espanyol, segundo classificado, e a três pontos do Mallorca, que lidera a prova. Contudo, os catalães só jogam neste domingo.

UD Almería: Makaridze; Balliu (Buñuel, 87′), Ivanildo, Cuenca e Centelles; Morlanes (De la Hoz, 88′) e Samuel Costa; Corpas (c) (José Carlo Lazo, 72′), João Carvalho (Ramazani, 72′) e Aketxe (Petrovic, 87′); Sadiq. 

CD Castellón: A. Campos, Iago Indias (Zlatanovic, 81′), Víctor, Carlos Delgado, Rafa Gálvez, Carles, Gus Ledes (Jorge Fernández, 81′), Arturo (Señé, 45′), Marc Mateu, Rubén (Javi Moyano, 68′) e Cubillas (César Díaz, 74′). 

Goles: 1-0 (26′): Corpas;  1-1 (61′): Rubén Díez;  2-1 (78′): Sadiq ; 3-1 (80′): Cuenca.

José Gomes: “El Almería-Sevilla es una final de Copa anticipada”

El Juegos Mediterráneos acogerá, el próximo martes, el segundo derbi andaluz de la temporada para el Almería. Los indálicos se medirán al Sevilla en cuartos de final de la Copa del Rey. Ambos conjuntos se volverán a ver las caras en el feudo rojiblanco seis años después.

Por la propuesta de juego… el Almería es el Sevilla de Primera división”

El entrenador de la entidad almeriense, José Gomes, habló sobre su próximo rival en el torneo copero: “Por la propuesta de juego… el Almería es el Sevilla de Primera división. Es una final anticipada [risas]. Están luchando en la parte alta de la tabla con partidos de mucha calidad. No digo esto porque nos ha tocado el Sevilla. Hablamos de un equipo muy completo, que destaca sobre todo por su organización colectiva“.

Me gusta el rival que nos ha tocado… ahora mismo es el equipo que mejor está jugando al fútbol”

“Me gusta el rival que nos ha tocado. Me encanta su forma de jugar. Ahora mismo es el equipo que mejor está jugando al fútbol. Están muy organizados, son fuertes, juegan con intensidad y tienen una calidad tremenda. Es un rival al que nadie quería enfrentarse”, añadió.

Lopetegui estuvo en el Oporto y la gente tiene una buena imagen de él, es un entrenador serio y trabajador”

El técnico portugués también tuvo palabras de elogio para su homónimo en el banquillo hispalense: “Lopetegui estuvo en el Oporto y la gente tiene una buena imagen de él. Es un entrenador serio y trabajador. Tiene las ideas muy claras y las transmite con mucho poder a los jugadores. En 2019, ya nos enfrentamos en un partido de pretemporada cuando entrenaba al Reading”.

Sylla, Álvaro Giménez y Mollejo, en la órbita indálica

Por otro lado, el conjunto rojiblanco rastrea el mercado de fichajes en busca de un delantero y habría puesto su objetivo en Mamadou Sylla, delantero del Girona. En el caso de no conseguir su incorporación, tiene en la recámara a un viejo conocido del club, Álvaro Giménez. Eso sí, los unionistas tienen una fuerte competencia, ya que ambos delanteros también son pretendidos por Mallorca y Espanyol.

Además, la entidad indálica estaría muy cerca de hacerse con la cesión de Víctor Mollejo, que apenas está teniendo oportunidades en el Atlético de Madrid.

Texto e fotos: Marca

Almería recebe Sevilha na Taça do Rei

A equipa treinada por José Gomes vai defrontar o Sevilha nos quartos-de-final da Taça do Rei, numa partida que terá o Estádio dos Jogos Mediterrâneos como palco, no dia 2 de Fevereiro, pelas 21 horas.

O Almería é a única formação da II Liga de Espanha presente nesta competição: “O Sevilha encanta-me. É a equipa que melhor está a praticar futebol, à base de ordem, força e qualidade. É o rival que ninguém queria nos quartos-de-final, devido ao seu estado de forma. Contra o Valência, fez um golo com 17 passes de qualidade muito boa, saindo em pressão e criando espaços. Aproveita todas as situações de jogo e é uma equipa completa. Sabe jogar em ataque organizado, procurando as costas da defesa”, afirma José Gomes.

O líder técnico elogia o trabalho de Julen Lopetegui, treinador do Sevilha: “Pode mudar de onze e a qualidade não baixa. Quando tem um problema, não é um jogador que o resolve, mas toda a equipa. Além disso, conta com Lopetegui como treinador, que conheço. Não sai um milímetro das suas ideias e transmite tudo com muita força. Deixou boas sensações no FC Porto”.

Castellón na Liga Smartbank

O Almería recebe neste sábado o Castellón, pelas 20 horas, em partida integrada na 22ª jornada da Liga Smartbank. No campeonato, o conjunto de José Gomes também está em alta, inclusivé em casa, com cinco vitórias e um empate nos últimos seis jogos disputados: “Estamos preparados para as dificuldades que o Castellón vai criar. Quando fomos a Castellón – 2-1 a favor do Almería, n.d.r. – , na primeira volta, estavam entre as equipas com mais posse de bola. No último jogo, com o Sp. Gijón, utilizaram um futebol mais directo, com passes largos, disputando as segundas jogadas”.

O experiente treinador pretende que os seus atletas “estejam preparados, na defesa, para a ‘segunda’ bola” e que “façam movimentos de ruptura na linha defensiva do adversário para podermos criar espaços”.

“Os jogadores têm vontade que o jogo comece, porque as sensações da última partida no campeonato não foram boas e querem mudar essa imagem o melhor que possam”, acrescenta José Gomes.

Clique aqui para ver o vídeo desta conferência de imprensa.

Foto: Getty Images