José Gomes antevê Europeu no JN

Em primeiro lugar este Europeu é uma luz de esperança para o Mundo, porque estamos todos com muita vontade de sentir a retoma e o fim de todas as coisas estranhas que este vírus nos trouxe. A festa do futebol será uma forte luz de esperança para todos. Em segundo lugar, vai ser como todos os Europeus e Mundiais, há um leque de seleções onde as expectativas são elevadas por serem as crónicas grandes potências do futebol como a Alemanha, a França, a Espanha, a Itália, a Holanda e a Inglaterra.

Logo a seguir surge Portugal que deu sinais de grande competência no último jogo amigável e tem jogadores de elevadíssimo nível, ao representarem algumas das melhores equipas do Mundo. A seleção tem uma experiência extraordinária e esse aspeto, do meu ponto de vista, faz-nos ser fortíssimos. Frente a Israel mostrou ser uma equipa dominadora com bola, quando tem coragem para o fazer, ao controlar o jogo e a posse. Depois tem jogadores perigosos e inteligentes, sobretudo pela forma como rompem, em movimentos de profundidade, as estruturas dos adversários. Além das crónicas candidatas, há outras seleções como a Bélgica, a Dinamarca, a Croácia e a Suécia, todas com menor palmarés, mas com uma alma que podem criar uma surpresa.

Nesta fase, destaco ainda a alegria de sentir que a festa está de volta, a incerteza está instalada sobre o nome do vencedor e vamos aguardar, por isso, pelo início dos jogos para perceber, na prática, aquilo que as seleções vão mostrar dentro do campo. Vai ser um dos Europeus mais interessantes de sempre pelo adiamento, por aquilo que vivemos e por aquilo que o futebol representa na vida das pessoas. Esta competição vai ajudar-nos a voltar à normalidade. E é disso que o Mundo precisa !