Dotes para a I Liga, jovens cobiçados e vendas à vista (2º capítulo)

Almería, 14 de Fevereiro, de 2020. A equipa treinada por José Gomes voltou a ter como palco o Estádio Jogos do Mediterrâneo. Os rojiblancos entraram, mais uma vez, com alma de candidatos a subir ao campeonato mais importante de Espanha. 3-1 foi o resultado diante do Las Palmas.

A imprensa espanhola continuava a assinalar a importância do sucesso do conjunto de José Gomes, o que também teve eco na comunicação social portuguesa: “A equipa local foi mais eficaz, devido ao bis de Juan Villar, e ao terceiro tento de Akieme (ex-Barcelona), somou três pontos de ouro. O Almería sabe que, se ganhar na próxima quarta-feira em Leganés, numa partida que foi adiada, será o novo líder da Liga SmartBank, à frente de Mallorca e Espanyol”, segundo escreveu Javier Alfaro, jornalista do Sport.

Treze dias depois, igualmente no Estádio Jogos do Mediterrâneo, surgiu mais uma vitória dos andaluzes, com tons de goleada, diante do Lugo. 4-1 foi o desfecho registado no final dos 90 minutos. Jornais como o AS reconheceram os dotes dos rojiblancos na luta pela subida à II Liga de Espanha, incluindo a jogada da “Maradoniana” – cujo autor é uma referência para o experiente treinador – de Sadiq. “O Almería voltou a apresentar a sua forte candidatura à promoção directa, com uma vitória que elimina os fantasmas depois da semana passada infeliz. O Lugo tentou dificultar, com cinco atletas na defesa, embora ter Sadiq e Corpas é o mesmo que jogar com uma vantagem, apesar de um não oferecer o seu nível ideal e o outro ter saído do banco. Para a memória, fica a jogada ‘maradoniana’ do nigeriano, no 4-1, saindo do seu próprio meio-campo e esquivando-se dos rivais com a facilidade de uma criança para comer um rebuçado”

Na jornada seguinte, o Almería acumulou duas vitórias consecutivas, uma vez que, na Catalunha, derrotou o Girona por 1-0. “Umar Sadiq voltou a ser decisivo e marcou o tento da vitória por 1-0 em Montilivi. Os jogadores de José Gomes somaram três pontos-chave que os colocam na zona de subida direta após superarem o Girona. O Almería é a equipa que melhor joga na II Divisão e Umar Sadiq é um perigo constante para qualquer rival. Aos 72′, após uma acção que foi analisada pelo VAR durante quatro minutos e que não ficou clara, Umar Sadiq marcou com um remate cruzado, no qual Juan Carlos (guarda-redes do Almería, n..d.r) nada pôde fazer”, lê-se na crónica do Mundo Deportivo, jornal da Catalunha, a mesma região do Girona

A 27 de Março, em casa, o empate a um golo perante o Leganés não foi o resultado esperado, nem merecido, mas o Almería reforçou o estatuto de candidato a subir de divisão, ficando mais próximo do primeiro lugar, ocupado pelo Espanyol, em igualdade pontual com o Mallorca.

O Voo do Almería

Três dias mais tarde, desta vez como visitante, a equipa de José Gomes saboreou o triunfo por 3-0. “O Almería aproveitou os terríveis erros do Málaga para continuar a voar. Robertone, Lazo e a ‘Besta’ Sadiq aniquilaram um Málaga que não jogou tão mal para merecer castigo tão severo. Os erros mataram os jogadores de Pellicer (treinador dos anfitriões, n.d.r)”, referiu Carlos Cariño, jornalista do AS.

O encontro de gigantes da 35ª jornada decorreu, em casa, frente ao Espanyol, num encontro em que o Almería se apresentou com bastante qualidade e ao nível de uma das melhores equipas do campeonato, que entretanto já confirmou o regresso à I Liga de Espanha. Menos de uma semana mais tarde, José Gomes deixou de ser treinador dos rojiblancos, após o empate na visita ao Mirandés. Todavia, o Almería continuava bem enquadrado na luta pela promoção, inclusive na subida directa, pois estava no terceiro lugar a seis pontos do Mallorca, segundo classificado.

Links relacionados

Dotes para a I Liga, jovens cobiçados e vendas à vista (1º capítulo)

Almería – Las Palmas

Almería-Lugo

Girona-Almería

Málaga-Almería